Home / Mais notícias / Em Macaé-RJ, Botafogo quer se reabilitar na Série C
Em Macaé-RJ, Botafogo quer se reabilitar na Série C

Em Macaé-RJ, Botafogo quer se reabilitar na Série C

Rogério Moroti
rmoroti@botafogosp.com.br

As duas derrotas consecutivas e a perca da liderança do Grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C deixaram o Botafogo em alerta, já que o time comandado pelo técnico Rodrigo Fonseca caiu para a quarta posição. Neste sábado (19), no Estádio Moacyrzão, em Macaé-RJ, contra o time da casa, o Pantera tem a oportunidade de recolocar nos trilhos a campanha que vinha fazendo.

Faltando quatro rodadas para o final da primeira fase, o Tricolor viajou para o litoral norte do Rio de Janeiro focado em apenas um resultado: a vitória. Voltar de Macaé-RJ com os três pontos na bagagem será fundamental na briga pela classificação.

Com 21 pontos, o Pantera inicia a rodada em quarto, mas confrontos diretos podem ajudar o Botafogo, caso ele faça a sua parte diante do Macaé-RJ, que por sua vez também joga suas últimas fichas. Com 12 pontos, o time fluminense é o penúltimo colocado e na zona do rebaixamento.

Para o jogo deste sábado, o técnico Rodrigo Fonseca terá o retorno do meia Vitinho, que suspenso não enfrentou o São Bento-SP, no último domingo. O Pantera chegou a Macaé-RJ na manhã deste sábado e realizou um trabalho leve, pela tarde, em um clube da cidade.

Porém, o técnico Rodrigo Fonseca não revelou a equipe que pretende mandar a campo. – É mais uma decisão. Uma partida importante e temos que jogar para vencer. Testamos algumas alternativas durante a semana, para podermos impor o nosso ritmo e conseguir um vitória, recuperando os pontos perdidos em casa – declarou o treinador.

FICHA TÉCNICA:
Macaé-RJ x Botafogo
Brasileiro Série C 2017 – 15ª Rodada
Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé-RJ
Data: 19/08/2017 – Horário: 15h00 (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva – PR (CBF)
Assistente 1: Diego Grubba Schitkovski – PR (CBF)
Assistente 2: André Luiz Severo – PR (CBF)
Quarto Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga – RJ (CBF)

Macaé-RJ – Luís Henrique; Ruan, Matheus Cambuci, Raphael Costa e Sanchez; Luís Felipe, Franco, Leonardo e Rogerinho; Israel e Lepu. Técnico: Josué Teixeira.

Botafogo – Neneca; Samuel Santos, Vinicius Simon, Gladstone e Gerley; Carlos Henrique, Mateus Cancian, Vitinho (Rondinelly) e Morais; Edno e Ronaldo. Técnico: Rodrigo Fonseca.

CONFRONTO:
Gerar moradias garantindo empregos, é isso que Ribeirão merece. Conseguimos não só buscar novos empreendimentos para a cidade, mas também, garantir que nossos munícipes possam ter novas oportunidades de empregos. Nossa cidade cresce, e a população cresce junto!

Botafogo e Macaé-RJ marca um histórico recente de confronto. As equipes se enfrentaram apenas três vezes, todas pela Série C do Campeonato Brasileiro. Foram dois jogos em 2016, com mais um nesta temporada.

Na Série C do ano passado, dois empates por 1 a 1. No dia 17 de julho, as equipes jogaram no Santa Cruz, enquanto que o duelo no Estádio Moacyrzão aconteceu no dia 18 de setembro.

A última partida aconteceu no dia 18 de junho passado, no Santa Cruz, pela sexta rodada da Série C, com vitória por 3 0 do Pantera, com gols Morais, Edno e Wesley.

NÚMEROS DO CONFRONTOS:
3 – Jogos
1 – Vitória do Botafogo
2 – Empates
0 – Vitória do Macaé-RJ
5 – Gols do Botafogo
2 – Gols do Macaé-RJ

ARTILHEIROS DO BOTAFOGO NO TORNEIO:
Edno (5); Wesley (4); Samuel Santos, Carlos Henrique, Gladstone, Morais, Isaac Prado, Mário e Gerley (1)

ATLETAS LESIONADOS:
Nenhum

ATLETAS COM AMARELO:
Murillo, Gerley e Carlos Henrique (2 cartões); Francis, Vicente, Thiesen, Neneca, Léo Coca, Samuel Santos, Edno, Gladstone, Vinicius Simon, Ronaldo, Cancian e Isaac Prado (1)

ATLETAS SUSPENSOS:
Caio Ruan

NOTAS CURTAS:

  • O Tricolor foi vice-campeão da Série C do Brasileiro em 1996, perdendo a final para o Vila Nova-GO, mas conquistando o acesso para a Série B do Brasileiro de 1997.
  • O zagueiro Caio Ruan, de 22 anos, já realizou 51 jogos com a camisa profissional do Tricolor. Capitão do Pantera no vice-campeonato da Copa São Paulo Júnior de 2015, Caio fez o gol da vitória do Botafogo sobre o São Caetano, que praticamente garantiu o acesso do Botafogo à Série C do Brasileiro.
  • O goleiro Neneca é um dos ídolos atuais do Tricolor. O arqueiro chegou ao Pantera em junho de 2015 e já realizou 79 jogos oficiais, somando 28 vitórias, 34 empates e 17 derrotas. Sofreu 60 gols nestas partidas.
  • O volante Rodrigo Thiesen já realizou 58 jogos pelo Pantera. O atleta chegou ao clube em junho de 2015, e já entrou em campo 17 vezes pela Série D 2015, 14 pelo Paulistão 2016, 15 pela Série C de 2016, três vezes no Paulistão 2017, e nove nesta Série C.
  • Quatorze jogadores do elenco da Série C 2017 foram revelados pelo Botafogo, são eles: João Lucas, Talles, Gabriel Luiz, Mayc, Carlos Henrique, Caio Ruan, Júlio Vaz, Murillo, Léo Coca, Guilherme Café, Bruno Rocha, Jonata Machado, Wesley e Isaac Prado.
  • O lateral-direito Samuel Santos já realizou 59 partidas oficiais pelo Tricolor, com seis gols marcados.
  • O Botafogo contratou treze reforços para a Série C 2017, são eles: Rondinelly, Vinícius Simon, Alex Gonçalves, Gerley, Cardoso, Gladstone, Mateus Cancian, Walfrido, Mário, Vicente e Ronaldo, Morais e Edno.
  • Contratado para sua terceira passagem pelo Botafogo, o atacante Francis já realizou 67 jogos com a camisa do Pantera, anotando 20 gols.
  • Francis fez 15 jogos e oito gols na Copa Paulista de 2012; no Paulistão de 2013, o atacante fez 19 jogos e dois gols; e na Série D de 2015, ele atuou por 14 jogos, marcando seis gols, sendo três na primeira partida da final, contra o River-PI. Ele marcou quatro gols no último Paulistão.
  • O técnico Rodrigo Fonseca comanda pela primeira vez, nesta Série C, a equipe profissional do Botafogo. Em 2015, comandando os juniores, ele foi vice-campeão da Copa São Paulo Júnior com o Pantera. Entre 2015 e 2016, ele comandou a equipe sub-17 do Cruzeiro.

Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo

ELENCO

Scroll To Top