Home / Notícias / Em Joinville, Botafogo tenta abrir vantagem na liderança
Em Joinville, Botafogo tenta abrir vantagem na liderança

Em Joinville, Botafogo tenta abrir vantagem na liderança

Rogério Moroti
rmoroti@botafogosp.com.br

Faltando seis rodadas para o final da fase de classificação da Série C do Campeonato Brasileiro, o Botafogo tem mais uma partida decisiva para a sua pretensão de classificar entre os dois primeiros do Grupo B para a fase de mata-mata, e, assim, garantir o jogo decisivo para o acesso em seus domínios.

Na tarde deste domingo (6), o Pantera encara o Joinville-SC, na Arena Joinville, a partir das 15h00. Com os resultados já encerrados da rodada, o Botafogo não perde mais a liderança de sua chave nesta rodada, independente do resultado que obtiver em Santa Catarina.

Com 21 pontos ganhos, o Tricolor quer sim a vitória para abrir vantagem dos demais concorrentes, um deles o próprio JEC, considerado por muitos, antes do início da competição, como uma das principais forças.

Porém, o time de Joinville vem sofrendo até agora na competição. Com 17 pontos, na sétima posição, o Joinville, entretanto, mostra muita força quando atua em casa. Em cinco jogos, são três vitórias e dois empates, anotando oito gols e sofrendo três.

Para o duelo deste domingo, o técnico do Botafogo, Rodrigo Fonseca, não terá o meia Morais, suspenso com três cartões amarelos. Quem volta ao time é o zagueiro Gladstone, que cumpriu suspensão automática na última rodada.

A delegação tricolor desembarcou em Joinville-SC na manhã deste sábado e, pela tarde, realizou um treinamento leve na Arena Joinville.

FICHA TÉCNICA:
Joinville-SC x Botafogo
Brasileiro Série C 2017 – 13ª Rodada
Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data: 06/08/2017 – Horário: 15h00 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio – MS (CBF)
Assistente 1: Leandro dos Santos Ruberdo – MS (CBF)
Assistente 2: Ruy Cesar Lavarda Ferreira – MS (CBF)
Quarto Árbitro: William Machado Steffen – SC (CBF)

Joinville-SC – Matheus; Zé Mateus, Charles, Max e Alex Ruan; Renan Teixeira, Tinga, Lucio Flávio e Eliomar; Ricardo Lobo e Rafael Grampola. Técnico: Pingo.

Botafogo – Neneca; Samuel Santos, Caio Ruan, Gladstone e Gerley; Murillo, Mateus Cancian, Carlos Henrique (Rondinelly) e Vitinho; Edno e Alex Gonçalves (Ronaldo). Técnico: Rodrigo Fonseca.

CONFRONTO:
Botafogo e Joinville-SC somam sete jogos realizados. São três vitórias do Pantera, duas do JEC, com mais dois empates. O Tricolor leva vantagem nos gols marcados, com nove tentos, enquanto que o Joinville-SC marcou cinco.

Todas as sete partidas realizadas foram por campeonatos brasileiros, sendo cinco pela Série B do Brasileiro, um pela Copa João Havelange de 2000, que equivalia o Brasileiro da Série A, e um pela Série C do Brasileiro deste ano.

O último confronto entre as equipes no Estádio Santa Cruz aconteceu no dia 04 de junho último, com vitória do Botafogo por 3 a 0. Já a última vez em que o Botafogo esteve em Joinville foi no dia 20 de setembro de 2000, uando foi derrotado por 2 a 0 pela Copa João Havelange.

ESTATÍSTICAS DO CONFRONTO:
7 – Jogos
3 – Vitórias do Botafogo
2 – Empates
2 – Vitórias do Joinville-SC
9 – Gols do Botafogo
5 – Gols do Joinville-SC

ARTILHEIROS DO BOTAFOGO NO TORNEIO:
Edno (5); Wesley (4); Samuel Santos, Carlos Henrique, Gladstone, Morais, Isaac Prado, Mário e Gerley (1)

ATLETAS LESIONADOS:
Nenhum

ATLETAS COM AMARELO:
Murillo, Gerley, Vitinho, Carlos Henrique e Caio Ruan (2 cartões); Thiesen, Neneca, Léo Coca, Ronaldo, Cancian e Isaac Prado (1)

ATLETAS SUSPENSOS:
Morais

NOTAS CURTAS:

  • O Tricolor foi vice-campeão da Série C do Brasileiro em 1996, perdendo a final para o Vila Nova-GO, mas conquistando o acesso para a Série B do Brasileiro de 1997.
  • O zagueiro Caio Ruan, de 22 anos, completou diante do Volta Redonda-RJ seu 51º jogo oficial com a camisa do Botafogo. Capitão do Pantera no vice-campeonato da Copa São Paulo Júnior de 2015, Caio fez o gol da vitória do Botafogo sobre o São Caetano, que praticamente garantiu o acesso do Botafogo à Série C do Brasileiro.
  • O goleiro Neneca é um dos ídolos atuais do Tricolor. O arqueiro chegou ao Pantera em junho de 2015 e já realizou 77 jogos oficiais, somando 28 vitórias, 34 empates e 15 derrotas. Sofreu 57 gols nestas partidas.
  • O volante Rodrigo Thiesen já realizou 58 jogos pelo Pantera. O atleta chegou ao clube em junho de 2015, e já entrou em campo 17 vezes pela Série D 2015, 14 pelo Paulistão 2016, 15 pela Série C de 2016, três vezes no Paulistão 2017, e nove nesta Série C.
  • Quatorze jogadores do elenco da Série C 2017 foram revelados pelo Botafogo, são eles: João Lucas, Talles, Gabriel Luiz, Mayc, Carlos Henrique, Caio Ruan, Júlio Vaz, Murillo, Léo Coca, Guilherme Café, Bruno Rocha, Jonata Machado, Wesley e Isaac Prado.
  • O lateral-direito Samuel Santos já realizou 57 partidas oficiais pelo Tricolor, com seis gols marcados.
  • O Botafogo contratou treze reforços para a Série C 2017, são eles: Rondinelly, Vinícius Simon, Alex Gonçalves, Gerley, Cardoso, Gladstone, Mateus Cancian, Walfrido, Mário, Vicente e Ronaldo, Morais e Edno.
  • Contratado para sua terceira passagem pelo Botafogo, o atacante Francis já realizou 65 jogos com a camisa do Pantera, anotando 20 gols.
  • Francis fez 15 jogos e oito gols na Copa Paulista de 2012; no Paulistão de 2013, o atacante fez 19 jogos e dois gols; e na Série D de 2015, ele atuou por 14 jogos, marcando seis gols, sendo três na primeira partida da final, contra o River-PI. Ele marcou quatro gols no último Paulistão.
  • O técnico Rodrigo Fonseca comanda pela primeira vez, nesta Série C, a equipe profissional do Botafogo. Em 2015, comandando os juniores, ele foi vice-campeão da Copa São Paulo Júnior com o Pantera. Entre 2015 e 2016, ele comandou a equipe sub-17 do Cruzeiro.

Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo

Scroll To Top