Home / Mais notícias / Em Lins, Botafogo tem duelo importante contra o Linense
Em Lins, Botafogo tem duelo importante contra o Linense

Em Lins, Botafogo tem duelo importante contra o Linense

Rogério Moroti
rmoroti@botafogosp.com.br

O Botafogo tem mais uma difícil partida pela frente em busca da classificação à fase de quartas de final do Paulistão 2017. Nesta sexta-feira (17), o Pantera vai até o Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins, para pegar o Linense, pela nona rodada do Estadual.

Com 11 pontos ganhos, o Pantera é o segundo colocado do Grupo A, atrás do líder Corinthians, e à frente de São Bernardo e Ituano, ambos com nove pontos, respectivamente na terceira e quarta posições.

Se o Pantera terá um jogo complicado, em Lins, o mesmo acontecerá com seus concorrentes, já que o São Bernardo pega o Red Bull, fora de casa, e o Ituano terá o São Paulo, no Morumbi.

VEJA TAMBÉM: Confira o Press Kit da partida entre Linense e Botafogo

O técnico do Botafogo, Moacir Júnior, só tem um desfalque para o jogo desta sexta. Ele ainda não pode contar com o atacante Wesley, em fase final de recuperação de uma lesão muscular. Quem deve aparecer entre os titulares é o volante Marcão Silva, que cumpriu suspensão na última rodada e está à disposição.

– Analisamos os últimos jogos do Linense, e, tenho certeza, que eles também analisaram os nossos. Por isso, procuramos trabalhar e testar algumas formações técnica e táticas, para que consigamos, seja no início ou decorrer do jogo, tentar surpreender o Linense com algum detalhe ou alteração. Vamos para Lins com muita confiança, respeitando o Linense, mas sabemos que podemos colher um bom resultado – explicou o técnico Moacir Júnior.

Artilheiro do Botafogo no Paulistão, com quatro gols, o atacante Francis é uma das armas do Pantera. – Trabalhamos muito durante está semana para conquistarmos uma vitória e ganhar uma folga em relação aos nossos concorrentes – disse.

FICHA TÉCNICA:
Linense x Botafogo
Paulistão 2017 – 9ª Rodada
Local: Estádio Gilberto Siqueira Lopes – Lins (SP)
Data: 17/03/2017 – Horário: 21h05 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistente 1: Alberto Poletto Masseira
Assistente 2: Evandro de Melo Lima
Quarto Árbitro: José Guilherme Almeida e Souza

Linense – Victor Golas; Bruno Moura, Magno Alves, Rodrigo Lobão e Bruno Costa; Zé Antônio, Pio, Diego Felipe e Thiago Humberto; Tatá e Gabrielzinho. Técnico: Márcio Fernandes.

Botafogo – Neneca; Samuel Santos, Gualberto, Filipe e Fernandinho; Bileu (Marcão Silva), Diego Pituca, Vitinho e Rafael Bastos; Marcão e Francis (Serginho). Técnico: Moacir Júnior.

CONFRONTO:
Botafogo e Linense realizaram apenas sete jogos no histórico de confrontos entre as equipes. São cinco partidas pelo Paulistão e duas pela Copa Paulista. O primeiro duelo aconteceu pelo Paulistão de 1957, com goleada do Tricolor por 6 a 0, no Estádio Luís Pereira.

O Tricolor leva vantagem com quatro vitórias, contra três do Elefante da Noroeste. O Pantera está na frente também nos gols marcados, com 14 contra sete.

O último jogo aconteceu no dia 15 de março de 2014, no Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins, com vitória do time da casa, por 1 a 0, pelo Paulistão.

ESTATÍSTICA DO DUELO:
7 – Jogos
4 – Vitórias do Botafogo
3 – Vitórias do Linense
14 – Gols do Botafogo
7 – Gols do Linense

ARTILHEIROS DO BOTAFOGO NO TORNEIO:
Francis (4), Rafael Bastos (2), Marcão, Serginho, Fernando Medeiros e Wesley (1)

ATLETAS LESIONADOS:
Wesley (lesão muscular)

ATLETAS COM AMARELO:
Fernandinho, Bileu, Filipe, Fernando Medeiros e Rafael Bastos (2 cartões); Neneca, Samuel Santos, Bernardo, , Matheus Mancini e Serginho (1)

ATLETAS SUSPENSOS:
Nenhum

  • O Botafogo disputa seu nono Paulistão da Série A1 seguido, após o acesso reconquistado em 2008.
  • O Pantera está em seu 53º Paulistão da história. O primeiro acesso do Botafogo aconteceu em 1957, quando venceu o Paulista de Jundiaí e ficou com a vaga na elite paulista.
  • O Tricolor já teve três artilheiros do Paulistão. Geraldão em 1974, com 23 gols, Sócrates em 1976, com 15, e Chiquinho em 1984, com 16 tentos.
  • O Botafogo foi vice-campeão do Paulistão de 2001, perdendo a final para o Corinthians. Em 1977, ele foi campeão do primeiro turno, ficando com o Troféu Cidade de São Paulo.
  • O goleiro Neneca é um dos ídolos atuais do Tricolor. O arqueiro chegou ao Pantera em junho de 2015 e já realizou 58 jogos oficiais, somando 22 vitórias, 23 empates e 13 derrotas. Sofreu 43 gols nestas partidas.
  • O volante Rodrigo Thiesen se aproxima dos 50 jogos pelo Pantera. O atleta chegou ao clube em junho de 2015 e já entrou em campo 48 vezes. 17 pela Série D 2015, 14 pelo Paulistão 2016, 15 pela Série C de 2016 e mais dois neste Paulistão.
  • Diego Pituca já realizou 52 jogos pelo Tricolor. O polivalente vindo da Matonense, na metade de 2015, atuou em 12 jogos da Série D 2015, 15 do Paulistão 2016, 18 na Série C 2017, e sete neste Paulistão.
  • Diego Pituca foi um dos artilheiros do Botafogo no Paulistão 2016, marcados três gols, diante de Ponte Preta, Novorizontino e XV de Piracicaba.
  • Oito jogadores do elenco da Série C 2016 foram revelados pelo Botafogo, são eles: João Lucas, Talles, Matheus Mancini, Carlos Henrique, Caio Ruan, Mayc, Isaac Prado e Wesley.
  • O Botafogo contratou treze reforços para o Paulistão, são eles: Samuel Santos, Fernandinho, Gualberto, Marcão Silva, Bileu, Fernando Medeiros, Gian, Bernardo, Rafael Bastos, Francis, Marcão, Wesley e Kaue.
  • Contratado para sua terceira passagem pelo Botafogo, o atacante Francis já realizou 55 jogos com a camisa do Pantera, anotando 20 gols.
  • Francis fez 15 jogos e oito gols na Copa Paulista de 2012; no Paulistão de 2013, o atacante fez 19 jogos e dois gols; e na Série D de 2015, ele atuou por 14 jogos, marcando seis gols, sendo três na primeira partida da final, contra o River-PI.

Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo

Scroll To Top