Home / Diretoria / Filme “77 Eternos Campeões” é finalista em festival
Filme “77 Eternos Campeões” é finalista em festival

Filme “77 Eternos Campeões” é finalista em festival

Agência Botafogo
imprensa@botafogosp.com.br

Dos gramados para as telas de cinema e disputando o título de melhor documentário de longa-duração. A inspiradora saga botafoguense no ano de 1977, que virou filme, estará novamente em cartaz. Mas agora, o documentário produzido e dirigido pelo jornalista Igor Ramos, participará da finalíssima da mostra competitiva internacional do CINEfoot, um dos maiores festivais de documentários do mundo sobre o tema futebol.

O evento está na sua oitava edição, e acontecerá simultaneamente no Rio de Janeiro e São Paulo, com exibição dos oito filmes selecionados pela comissão organizadora e jurados. Produzido e dirigido pelo jornalista ribeirão-pretano, o documentário de 90 minutos superou mais de 200 concorrentes e entra na disputa pelo prêmio máximo do CINEfoot.

O filme narra a conquista botafoguense do título de Campeão da Taça Cidade de São Paulo, em 1977. No enredo, a trajetória épica do maior esquadrão da história do clube do interior paulista, formado por Sócrates, Zé Mário Baroni, Lorico, entre outros craques. Uma conquista inédita, contra o São Paulo no Morumbi, e que fez Ribeirão Preto literalmente parar para comemorar naquele 18 de maio de 1977, em um verdadeiro carnaval fora de época pelas ruas da cidade.

Com um enredo repleto de depoimentos e imagens inéditas, o documentário é enriquecido pelos relatos de jogadores, técnicos, dirigentes e torcedores que vivenciaram a época de ouro do futebol paulista. – Esta é a minha primeira experiência em um projeto de audiovisual. E a sensação de ver tão cedo um trabalho sendo reconhecido em um festival tão importante e concorrendo com outras dezenas de obras em todo o continente, é realmente um motivo de grande orgulho para mim. O projeto, feito com baixo orçamento, mas muito amor e dedicação, dá a sua contribuição para o resgate da memória do nosso futebol, do nosso esporte, e da nossa cidade”, afirma o jornalista, que durante o processo de montagem do filme, realizou mais de 20 entrevistas, inclusive no exterior.

– O filme tem como grandes riquezas o carisma dos personagens e a história, obviamente. Além de imagens raras, conseguimos alguns depoimentos reveladores e inéditos. Foram meses de muito trabalho de produção, direção, captação de imagens, pesquisa e tudo o que envolveu o processo produtivo.
Simultaneamente, batalhando atrás de recursos para que o documentário se concretizasse. Posso dizer que já realizei dois sonhos. O primeiro de ver o resultado na tela do cinema, e agora, selecionado em um festival respeitado internacionalmente”, afirma.

O presidente do Botafogo, Gerson Engracia Garcia, destaca a importância do reconhecimento histórico da conquista para o clube e a cidade. – Essa é uma oportunidade para aqueles que não vivenciaram essa época áurea do Botafogo, para que possam sentir um pouco do que foi essa conquista. Aquele time deu liga e contou com jogadores extraordinários, então é muito bom poder rever toda essa história gloriosa no filme e o jornalista Igor Ramos está de parabéns.

DOCUMENTÁRIO SERÁ EXIBIDO EM SÃO PAULO
O vencedor do festival sairá da votação popular e de um júri especializado. O filme “77 ETERNOS CAMPEÕES” será exibido às 21h do dia 4/12, no Espaço Itaú de Cinema-Augusta, em São Paulo, com entrada franca. Nesse dia, os organizadores farão uma homenagem ao Botafogo FC e aos jogadores personagens do documentário.

Igor Ramos pretende fazer novas exibições em São Paulo (CineSala) e em Ribeirão Preto, no UCI Cinemas, no Cine Club Cauim e SESC. – Muita gente ainda não assistiu. E queremos que o documentário chegue ao maior número de pessoas, tanto nas sessões de cinema como por meio dos DVDs. Tudo vai depender do interesse do público local, e claro, da disponibilidade de datas dessas salas. Mas podemos fazer a exibição em outros locais que se interessarem – completa o jornalista.

Para a MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS, o CINEFOOT reúne sete filmes. São eles:
– SEGUNDO TEMPO, Brasil, Dir. Rogério Zagallo, DOC.
– ALEX CAMERA 10 – TURQUIA AO BRASIL – DESPEDIDA DO FUTEBOL, Brasil, Dir. Caue Serur, DOC.
– MINAS DO FUTEBOL, Brasil, Dir. Yugo Hattori, DOC.
– VAI GUARULHOS, Brasil, Dir. Fabrício Gallinucci, FIC.
– PRETO NO BRANCO O CLÁSSICO DO SÉCULO, Brasil, Dir. Kim Teixeira, DOC.
– 77 ETERNOS CAMPEÕES, Brasil, Dir. Igor Ramos, DOC.
– MESTRE DICÁ, Brasil, Dir. Federico Lemos, DOC.

Sobre o CINEfoot
O CINEfoot é o primeiro festival de cinema do continente latino-americano dedicado à promoção e exibição de filmes de futebol. Sua programação inclui mostras competitivas internacionais, mostras especiais, debates, homenagens, dentre outras atividades.

Ao longo da sua trajetória o CINEfoot já levou às telas brasileiras mais de 300 títulos, transformando-se na principal plataforma de exibição da cinematografia de futebol no Brasil e na América Latina. O CINEfoot mantém uma importante parceria com os principais festivais de cinema de futebol do mundo e é o único do Brasil que integra o seleto circuito de festivais de cinema de esportes da FICTS- Federation Internationale Cinema Television Sports, com sede em Milão.

Neste ano, o 8 ̊CINEFOOT abriu inscrições no dia 3 de julho para celebrar o centenário do grande João Saldanha, o homenageado em 2017. João Sem Medo, que falava a língua do povo e era anunciado nas transmissões esportivas como “o comentarista que o Brasil inteiro consagrou!!”

Ficha Técnica

“77 Eternos Campeões”
Documentário de longa duração – 90 minutos
Direção geral, fotografia, produção, edição, roteiro – Igor Ramos
Montagem e edição – Diego Arvate
Assistente de montagem – Lucas Arvate
Trilha sonora original – Leandro Cunha e Eder Bortolato
Disponível em DVDs (R$ 40,00)

Scroll To Top