Home / Base / Fogão domina Come-Fogo e vence clássico pelo Paulista Sub-20
Fogão domina Come-Fogo e vence clássico pelo Paulista Sub-20

Fogão domina Come-Fogo e vence clássico pelo Paulista Sub-20

Luís Augusto
laugusto@botafogosp.com.br

O Botafogo comprovou a sua superioridade em relação ao Comercial e conquistou mais uma importante vitória em um clássico Come-Fogo pelo Campeonato Paulista Sub-20. Na tarde deste sábado (1), o Pantera não se intimidou por atuar no Estádio Palma Travassos e conquistou o placar vitorioso de 1 a 0. O gol botafoguense foi anotado por Guilherme Teixeira, já na etapa complementar.

A terceira vitória consecutiva manteve o Tricolor na 3ª colocação do Grupo 1, agora com 16 pontos. Porém, o time do técnico Rogério Corrêa se aproximou dos primeiros colocados, que são o Novorizontino, que tem 22, e o Noroeste, com 18.

A próxima rodada do Estadual Júnior já será disputada nesta quarta-feira (5). Às 15h00, o Pantera receberá o Penapolense em partida agendada para ocorrer no Estádio Santa Cruz.

O JOGO
O Botafogo dominou o clássico Come-Fogo desde os primeiros minutos e fez uma etapa inicial muito superior ao adversário. Com toques rápidos e explorando bem os atacantes de beirada, Pedro Tonzar e Brendon, o Tricolor levou muito perigo ao gol dos donos da casa.

A primeira boa oportunidade para o Pantera veio após um lançamento de Bruno Rocha, que Wendel ganhou a disputa no alto e cabeceou com perigo ao lado do gol comercialino. Na sequência, Wendel ficou cara a cara com o goleiro Cesar, cortou o lance e chutou colocado. O camisa 1 conseguiu se recuperar e tocou na bola, mas Brendon pegou a sobra e mandou para as redes. Por outro lado, a arbitragem viu impedimento de Brendon e anulou o gol.

O Comercial só foi assustar pela primeira vez em uma cobrança de falta no início do segundo tempo. Lucas cobrou falta no canto baixo e a bola acertou a trave.

Mesmo com este lance, o Botafogo continuou melhor no clássico e chegou ao gol da vitória aos 15 minutos. Após cobrança de escanteio, Guilherme Teixeira se antecipou ao zagueiro e testou a bola no cantinho, sem dar chances para o goleiro Cesar.

O adversário não conseguiu criar muita coisa para mudar o panorama do Come-Fogo. Na única falha da zaga botafoguense, Leonardo ficou cara a cara com Peterson, bateu no canto e o camisa 1 do Pantera se esticou todo para praticar grande defesa.

O Tricolor soube administrar o resultado até o apito final e mostrou muita raça e vontade para não permitir o empate. Já nos acréscimos houve uma confusão dentro das quatro linhas, com alguns empurrões de ambos os times e o árbitro acabou expulsando o técnico do Botafogo, Rogério Corrêa.

O Tricolor venceu o Come-Fogo com Peterson; Giovani, Guilherme Café, Léo Gregório e Geisandro; Hércules, Bruno Rocha (Weberth) e Jonata Machado; Brendon (Rodrigo Santos), Wendel (Micael) e Pedro Tonzar (Guilherme Teixeira).

Foto: Luís Augusto/Agência Botafogo

Scroll To Top